Maceió

Primeiro Pomar Urbano de Maceió recupera área degradada por lixo

Após o sucesso da criação da Horta Urbana, que foi estruturada em um terreno degradado por lixo no complexo habitacional Benedito Bentes, a gestão municipal lança nesta sexta-feira (18), às 9h, um novo projeto com o mesmo objetivo: o Pomar Urbano

pomar-urbano.jpgApós o sucesso da criação da Horta Urbana, que foi estruturada em um terreno degradado por lixo no complexo habitacional Benedito Bentes, a gestão municipal lança nesta sexta-feira (18), às 9h, um novo projeto com o mesmo objetivo: o Pomar Urbano, que foi estruturado no canteiro central da Avenida Luiz Ramalho de Castro, na Jatiúca, onde o descarte irregular de resíduos também era uma prática comum da população.

O descarte irregular de lixo vem sendo combatido por meio de ações de fiscalização e de educação ambiental, punindo os cidadãos que agem incorretamente e conscientizando a população sobre os danos causados ao meio ambiente. Para isso, a Prefeitura tem investido em iniciativas exitosas em outras capitais e países desenvolvidos, a exemplo da recuperação de áreas degradadas com o plantio de hortaliças e de árvores frutíferas que são cultivadas com a ajuda da população.

“Assim como fizemos com a primeira Horta Urbana de Maceió, vamos recuperar uma área que hoje está tomada por lixo por conta do descarte inadequado da população. O Pomar vai ser estruturado em um canteiro central do bairro de Jatiúca, local onde normalmente carroceiros jogam resíduos da construção civil e lixo domiciliar. Vamos envolver a comunidade no projeto para que, após a entrega, os próprios moradores mantenham o espaço conservado e colaborem para o cultivo das árvores, que futuramente dará frutos”, explica Gustavo Acioli Torres, que é titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), órgão responsável pela iniciativa.

De acordo com o secretário, o plantio no Pomar vai ser realizado pelos moradores e por crianças de escolas municipais da região, que vão deixar fitas nas mudas plantadas para que, ao crescer, possam identificá-las. Três escolas do entorno, incluindo uma instituição voltada à educação de crianças com transtorno do espectro autista, participarão do momento.

O objetivo, segundo Acioli, é promover o sentimento de pertencimento, o que favorece os cuidados com a árvore e o local. Em relação às frutas, o titular da Semds conta que o espaço antes tomado por lixo vai ganhar mais de 40 tipos de árvores, a exemplo dos exemplares que brotam amora, laranja pêra, manga rosa, manga espada, manga tame, goiaba, graviola, cajá, pitanga e jaca.

“Faremos o plantio com a orientação técnica de engenheiros agrônomos, ensinando a população a cuidar das árvores para que, em um futuro próximo, possamos fazer a colheita. Assim como estamos planejando fazer com a Horta Urbana, deveremos levar o Pomar para diversas regiões, principalmente para os locais onde há a degradação por lixo. Com a ampliação dos projetos, vamos fortalecer as ações de educação ambiental e, ao mesmo tempo que contaremos o envolvimento da população, esperamos que os cidadãos se conscientizem da importância da sua colaboração para que a cidade cresça de forma adequada e mais sustentável, mais verde”, acrescenta o gestor.

Para a idealização do projeto, a Semds preparou o solo seguindo os critérios adequados aos pomares, com a aplicação de compostagem, além da criação da chamada cerca viva com estrutura de bambu. O espaço foi limpo e o entorno está sendo recuperado por meio do trabalho conjunto com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) e da Superintendência Municipal de Limpeza Urbana (Slum), incluindo também serviços da Superintendência Municipal de Iluminação Pública (Sima). Após a limpeza, na sexta-feira, estudantes e moradores do entorno participarão da ação com o plantio de mudas enxertadas.

Serviço

O quê: Lançamento do primeiro Pomar Urbano de Maceió
Local: Avenida Luiz Ramalho de Castro, Jatiúca, no canteiro central.
Ponto de referência: em frente à torre da Oi
Horário: a partir das 09 horas

DEIXE SEU COMENTÁRIO