Maceió

Jornalista Danielle Cândido lança o livro: “Medo e suas vias de consumo”

“Medo e suas vias de consumo” lança um novo olhar sobre a sociedade de consumo e o temor de perder dinheiro, poder e prazer. A obra apresenta como esse medo é utilizado pelo mercado para fazer com que as pessoas desejem o que não necessitam e, ainda, para que elas procurem se sentir seguras, em uma época extremamente carente de certezas, proteção e segurança.

livro-medoA jornalista, professora e pesquisadora Danielle Cândido realiza o lançamento do livro “Medo e suas vias de consumo” (Appris, 2017), no dia 7 de outubro (sábado), durante a programação da VIII Bienal Internacional do Livro de Alagoas 2017, que acontece no Centro de Convenções de Maceió, em Jaraguá. A sessão de autógrafos inicia às 18h, na Praça de Autógrafos “Paraísos de Papel”, espaço montado para autores independentes na Bienal Alagoas.

“Medo e suas vias de consumo” lança um novo olhar sobre a sociedade de consumo e o temor de perder dinheiro, poder e prazer. A obra apresenta como esse medo é utilizado pelo mercado para fazer com que as pessoas desejem o que não necessitam e, ainda, para que elas procurem se sentir seguras, em uma época extremamente carente de certezas, proteção e segurança.

Com uma linguagem envolvente, o conteúdo contemporâneo de que trata a obra insere o leitor no atual universo do consumo e chama atenção para a linguagem violenta, invasiva e perturbadora de determinadas marcas, que instalam medo no público que estão tentando alcançar. O livro, de acordo com a autora, é resultado do trabalho de mestrado em Linguística desenvolvido na Universidade Federal de Alagoas – UFAL, no período de 2015 a 2017.

“Este é um ano comemorativo. Há 10 anos escrevi o meu primeiro texto científico, marcando o início da minha trajetória como pesquisadora na área de Comunicação e Consumo”, revela a autora. Também em 2017, Danielle lança o site www.daniellecandido.com com o objetivo de popularizar o acesso às publicações e pesquisas desenvolvidas nos últimos 10 anos.  Segundo a professora da UFAL, Virgínia Amaral, o leitor terá a oportunidade de ler, nos quatro capítulos que compõem a estrutura do livro “Medo e suas vias de consumo”, tão cuidadosamente organizados, uma abordagem, no mínimo, provocativa sobre o medo produzido no consumidor pela publicidade.

“O título do livro já desperta a curiosidade. A autora pensou sobre o medo como razão da existência; investigou e argumentou sobre a sociedade de consumo, demonstrando que nela circula um discurso da publicidade que ‘explora’ o medo”, argumentou Virgínia Amaral. “O livro de Danielle enriqueceu minha visão de sociedade com suas reflexões”, complementa a professora da UFAL.

Bate-papo com a autora

A autora Danielle Cândido é uma das convidadas do IV Café Intercom Unit. Nesta edição do evento, Danielle participa da mesa-redonda “Medo e Consumo: desejo, vigilância e arquitetura da desigualdade”, junto com os pesquisadores Leonardo Fireman e Izabela Domingues. O evento acontece no dia 7 de outubro (sábado), das 15h às 17h, na sala Tamarindo, no Centro de Convenções de Maceió, localizado em Jaraguá. O Café integra a programação da VIII Bienal Internacional do Livro de Alagoas 2017 e é aberto ao público. A reserva para o evento pode ser feita pelo endereço eletrônico https://www.doity.com.br/cafeintercomunit.

danielle-candidoSobre a autora

Danielle Cândido é jornalista, especialista em Comunicação Empresarial e mestre em Linguística pela UFAL. É professora dos cursos de Comunicação Social do Centro Universitário Tiradentes – UNIT, em Maceió, e pesquisadora do Grupo de Estudo em Análise do Discurso (UFAL/CNPq). É sócia da INTERCOM – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação e da ABP2 – Associação Brasileira de Pesquisadores em Publicidade. Também desenvolve atividades de assessoria e consultoria em Comunicação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO