Maceió

Hospital alagoano realizará prova em SP para facilitar acesso a candidatos do Sul-Sudeste

Saiba o que é a Residência Médica e confira as especialidades mais concorridas

A Divisão de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Maceió recebeu 287 inscrições para a Residência Médica 2018, processo seletivo que oferece este ano 41 vagas para o primeiro ano em 16 programas (especialidades) autorizados pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), do Ministério da Educação.

A principal novidade este ano é a realização de provas em duas cidades: em Maceió (AL) e em São Paulo (SP), visando facilitar o acesso de médicos que se encontram no eixo Sul-Sudeste. Os exames serão aplicados no próximo domingo (21). Os locais serão informados aos candidatos esta semana.

Outro diferencial é a publicação de dois editais, um deles específico para programas com acesso direto (Anestesiologia, Cirurgia Geral, Clínica Médica, Ginecologia/Obstetrícia, Ortopedia e Traumatologia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Radiologia e Diagnóstico por Imagem e Radioterapia).

O segundo edital rege a seleção para os programas que exigem pré-requisito, como ter concluído a Clínica Médica, por exemplo. Neste edital estão Cancerologia Cirúrgica, Cancerologia Clínica, Cardiologia Clínica, Geriatria, Medicina Intensiva, Neonatologia e Nefrologia.

A médica Alayde Rivera, gerente da Divisão de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Maceió, fala da importância de se investir na pós-graduação de médicos, no internato de estudantes do Curso de Medicina do Cesmac e nos estágios obrigatórios e extracurriculares.

“A presença de residentes e estagiários oxigena a instituição. Leva-nos a todos, médicos e profissionais das mais diversas áreas, a sair da nossa zona de conforto. Incentiva-nos a ampliar e atualizar nossos conhecimentos para que sejam transmitidos às novas gerações de profissionais. No fim, saem ganhando os próprios profissionais, os aprendizes e a instituição, pela adoção de novas práticas na assistência ao paciente que, em última análise, é o principal beneficiado”, raciocina Alayde Rivera.

Neste sentido, ainda segundo Rivera, o Hospital de Ensino é o espaço adequado para atualizar e aprimorar a prática assim como para facilitar a interação da equipe multiprofissional.

“Nosso objetivo maior é fazer com que cada profissional da instituição veja a Divisão de Ensino e Pesquisa como um espaço aberto para o aprendizado contínuo e permanente e um parceiro pronto a ajudar a ampliar seu conhecimento pessoal ou de seus pares ou de sua equipe”, concluiu.

O que é a Residência Médica?

A residência médica é uma modalidade de pós-graduação, sob a forma de curso de especialização, reconhecida pela CNRM e realizada apenas em hospitais que possuam estrutura para realizar este tipo de formação profissional.

Quem conclui o curso pode ser considerado um especialista?

O Programa de Residência Médica confere o título de especialista ao médico. A expressão “Residência Médica” é exclusiva de programas validados pela Comissão Nacional de Residência Médica.

Quais programas são os mais concorridos na Santa Casa de Maceió?

Os programas com maior número de inscrições foram: Anestesiologia, com 74 candidatos, Clínica Médica (64) e Cirurgia Geral (51). A Cirurgia Geral registrou a maior concorrência (25,5 candidatos por vaga), seguida pela Otorrinolaringologia (23). Em seguida vieram Anestesiologia (18,5 por vaga) e Radiologia e Diagnóstico por Imagem (17). Com 64 médicos disputando seis vagas, a Clínica Médica registrou 10,5 inscritos por vaga.

Santa Casa de Misericórdia de Maceió

Santa Casa de Misericórdia de Maceió

Fundada em 7 de setembro de 1851, tornou-se exemplo no cenário nacional por seus investimentos na segurança e na excelência da assistência ao paciente.

DEIXE SEU COMENTÁRIO