Maceió

Bienal de Alagoas tem espaço para troca de livros entre leitores

Espaço fica dentro do estande da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e também recebe doação de livros.

bienal_5A VIII Bienal Internacional do Livro de Alagoas começou no último fim de semana e movimenta o Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro de Jaraguá, em Maceió. Dentre as atividades de incentivo à leitura está um espaço reservado para troca de livros.

O espaço fica dentro do estande da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e também recebe doação de livros. Qualquer pessoa pode levar seu exeplar e escolher outro para resgatar entre os que estão disponíveis na prateleira.

O assistente da Secretaria que trabalha no espaço, André Medeiros disse que a procura pela troca tem aumentado a cada dia do evento. “Inicialmente, as pessoas passam para saber como faz a troca e depois elas voltam com os livros”, comentou.

No local pode haver a troca de livros por pessoas que têm obras de qualquer gênero em casa e não têm mais interesse pelo exemplar. Apenas os livros didáticos não podem ser trocados.

A representante da Secult, Soraya Coutinho explicou que os livros são da Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos, que já oferece esse serviço de trocas.

“Esse espaço também serve para divulgar a troca de livros da biblioteca que acontece o ano todo. O material que restar da Bienal será levado para lá”, informou Soraya.

O estande da Secult também promove a leitura e escritores alagoanos com o lançamento de livros, bate-papo entre escritores, exposições de obras e troca de livros.

| G1 Alagoas

DEIXE SEU COMENTÁRIO