Maceió

Planta Maceió: Jacintinho recebe plantio e doação de mudas nesta sexta

Atividades terão início às 09h e contarão com ações de educação ambiental, plantio e doação de mudas nativas da Mata Atlântica, e entrega de plantas ornamentais

1-4Lançado em 2017 para ampliar a arborização da capital, o projeto Planta Maceió volta a realizar intervenções nos bairros a partir desta semana. De acordo com a programação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), que é a idealizadora da iniciativa, a primeira edição de 2018 será realizada no bairro do Jacintinho, nesta sexta-feira, 2, com atividades concentradas na Praça do Mirante, em frente à Casa de Direitos. As atividades terão início às 09 horas e contarão com ações de educação ambiental, plantio e doação de mudas nativas da Mata Atlântica, além da entrega de plantas ornamentais.

“As ações sustentáveis e de educação ambiental serão ampliadas este ano e continuaremos com os projetos que lançamos no ano passado. O Planta Maceió foi uma iniciativa bastante exitosa e que, sem dúvidas, colabora para a arborização da cidade. É uma forma prática e simples de, além ensinar sobre o plantio adequado, incentivar o cuidado do cidadão com o local em que vive. Nosso objetivo é levar o verde a espaços onde a arborização ainda é deficiente e, assim, conscientizar e sensibilizar a população sobre a importância da ação”, explicou Gustavo Acioli Torres.

Segundo lembrou o secretário, o objetivo do projeto é a educação ambiental e a orientação. Torres reiterou que a ação será acompanhada por técnicos do Núcleo de Monitoramento Arbóreo (Numa) da Semds, que devem explicar aos maceioenses sobre o tipo de árvore indicado para a capital, o porte adequado conforme o local do plantio e os cuidados necessários para que a árvore cresça saudável. Além da orientação, o cidadão que receber a sua muda levará um folheto informativo e deve fornecer dados básicos para que a Semds possa monitorar as regiões do plantio a partir do projeto e também acompanhar o crescimento das plantas.

“O plantio é importante e deve ser feito com a ajuda dos maceioenses, mas precisa ser feito com a orientação profissional para evitar que, ao crescer, a planta tenha que ser suprimida por prejudicar redes hidráulica ou elétrica, por interferir na infraestrutura ou que tombe, causando prejuízos. Registramos um alto volume de quedas de árvore na quadra chuvosa, grande parte proveniente do plantio em local inadequado e pela falta de informação. Por isso, vamos levar a orientação para que a arborização ocorra de forma correta”, esclareceu o secretário.

Melhorias

A escolha da Praça do Mirante do Jacintinho para retomar as ações do Planta Maceió não foi aleatória, segundo ressaltou o titular da Semds. Equipes do Município já estão executando serviços no local, que também receberá intervenções para melhorias da infraestrutura. O trabalho será feito em parceria com o Projeto Ronda no Bairro, uma iniciativa que reúne órgãos do Governo do Estado em atividades sociais e esportivas para movimentar o espaço e fazer com que os moradores da região voltem a frequentá-lo assiduamente.

Sobre as intervenções na infraestrutura, Gustavo Acioli Torres explicou que a Semds fez um levantamento sobre os materiais necessários para os reparos em equipamentos da praça para que seja cedido à coordenação do Ronda no Bairro. O serviço deve ser coordenado pela Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) e vai ser executado por reeducandos do projeto ‘Uma Nova História’.

“Firmamos esta parceria e a Prefeitura está colaborando com a iniciativa. Estivemos no espaço com a equipe do Ronda no Bairro e avaliamos as necessidades. Outros órgãos da gestão municipal também estão integrados, a exemplo das superintendências de Limpeza Urbana (Slum), que levará oficinas de educação ambiental à comunidade, e de Iluminação Pública (Sima), que trocou as luminárias da praça. A Semds já iniciou as melhorias na arborização e agora vai ampliar as intervenções, levando o Planta Maceió para envolver os moradores no trabalho para reocupar o local de maneira adequada”, acrescentou Torres.

 

Fonte: Secom/Maceió

DEIXE SEU COMENTÁRIO