Maceió

Maceió atingirá 70% de cobertura de saneamento básico em dois anos, diz Casal

Atualmente, o esgotamento sanitário atinge cerca de 35% dos maceioenses; cobertura total deverá ocorrer em até 5 anos, afirma representante

O diretor-presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), Clécio Falcão, afirmou durante entrevista à Rádio Gazeta, na noite desta quinta-feira (14), que 70% da população de Maceió terá acesso a saneamento básico no período de dois anos.

Atualmente, conforme explicou Falcão, a cidade possui 35% de cobertura. “O governador Renan Filho (PMDB) recebeu a capital alagoana com 28% da população com acesso ao esgotamento sanitário. Graças a bacia da Pajuçara, já conseguimos ampliar para o número atual”, disse o diretor-presidente.

Duas obras de esgotamento sanitário terão início em janeiro de 2018 na parte alta de Maceió. Os projetos, que já estão em andamento, contemplarão os bairros do Farol, Tabuleiros e entornos. “Esperamos que a rede de coleta contemple todos os bairros em breve”, afirmou.

Maceió atingirá total cobertura de saneamento básico daqui a cinco anos, segundo o representante da Casal. “Quando atingirmos 100% de cobertura, vai ser um salto considerável na qualidade de vida para os maceioenses”.

Vazamento na Jatiúca

Sobre a vazão de esgoto dos bueiros na Avenida Antônio Gomes de Barros, a antiga Avenida Amélia Rosa, o diretor explicou que foi resultado de uma intervenção falha da empresa que presta serviço à Casal.

“Não foi um rompimento espontâneo. A tubulação da Casal foi rompida e o vazamento ocorreu. Na segunda-feira (11) conseguimos finalizar esse reparo, sanando o problema. Sentimos muito pela população afetada”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO