Maceió

Equipe do Ifal Maceió conquista 1º lugar em competição com criação de aplicativo

Os estudantes do curso de Sistemas de Informação desenvolveram o material a fim de auxiliar o turismo no Estado

IfalTrês dias consecutivos de programação para o desenvolvimento de um aplicativo voltado para o turismo e o turista que visita Alagoas. Este foi o resultado final de uma equipe formada por dois alunos do curso de Sistemas de Informação, Gabriel Silva e Anderson Feitosa, e liderada pelo professor Flávio Medeiros, do campus Maceió.

Foram 30 horas de atividades no Hackathon, maratona voltada para programadores, designers e outros profissionais que atuam com aplicativos e plataformas digitais realizada na sede do Sebrae, no Poço, de 1º a 3 de dezembro. O aplicativo Hupi, criado pela equipe do campus Maceió intitulada CP Software, facilita a comunicação entre a Secretaria de Turismo e seus parceiros, além de auxiliar o agente a recomendar pontos turísticos de forma mais eficiente. “Recepcionistas de hotel, guias turísticos e taxistas, por exemplo, poderão trabalhar em contato direto com este aplicativo” relatou Gabriel Silva, aluno do campus Maceió.

O professor orientador, Flávio Medeiros, detalha o funcionamento do produto desenvolvido na competição, que é dividido em 3 partes. “Temos uma central administrativa, onde a secretaria de turismo e seus parceiros realizam a gerência de conteúdos, um sistema de recomendação, que se baseia no perfil do turista e, por fim, um aplicativo para iOS e Android que é utilizado pelos protagonistas para facilitar a seleção de pontos de interesse para o turista”, completou.

Os critérios para avaliação dos jurados foram a solução mais inovadora, melhor usabilidade e design, maior completude funcional e cumprimento dos requisitos técnicos. Como premiação para o primeiro lugar conquistado pelo campus Maceió, a equipe ganhou uma viagem para São Paulo para participar do Campus Party, evento que acontece em janeiro.

“Esse foi o primeiro evento que participei concorrendo a algo, a experiência foi incrível, fizemos networking, pudemos conhecer mais sobre o turismo. Experimentar programar um aplicativo por 3 dias sem parar também foi inovador”, disse Gabriel entusiasmado.

O Hackathon foi uma iniciativa da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), em parceria com o Sebrae, e com o apoio da ABIH-AL, Velloo Telecom e Gracom Escola de Efeitos Visuais. O objetivo da maratona foi encontrar um modo criativo e inovador de integrar os profissionais da área do turismo de Maceió por meio da tecnologia. No total, cinco equipes participaram da competição.

DEIXE SEU COMENTÁRIO