Bairros de Maceió

Farol

Com seu clima de planalto, a brisa leve ruas tranqüilas, o Farol foi sempre o bairro preferido da burguesia alagoana, que construíam suas mansões. Seu nome origina-se da implantação do farol no Planalto do Jacutinga, nome original. Os coronéis ...

Com seu clima de planalto, a brisa leve ruas tranqüilas, o Farol foi sempre o bairro preferido da burguesia alagoana, que construíam suas mansões. Seu nome origina-se da implantação do farol no Planalto do Jacutinga, nome original. Os coronéis e barões que moravam em Bebedouro até o início do atual século, foram optando pela parte alta da cidade, por seu clima saudável e a proximidade como Centro da cidade.
A Avenida Fernandes Lima até as proximidades do Quartel do Exército, era toda tomada por mansões onde residiam usineiros, grandes industriais, comerciantes, magistrados e políticos.
Hoje, é tudo comércio. As casas antigas, ou foram derrubadas ou descaracterizada, dando lugar a lojas dos mais variados ramos, consultórios médicos, supermercado, agências bancarias e outros estabelecimentos comerciais. Restam algumas mansões em suas transversais.
A antiga rua do Seminário (atual Avenida Dom Antonio Brandão), era outra preferida pela burguesia maceioense. Por lá, residiram por muitos anos famílias Maia Nobre, Nogueira, Inojosa de Andrade e outras.

Algumas dessas casas foram derrubadas para dar lugar a edifícios e apartamentos. Outras, continuam intactas como a do medico intelectual, Ib Gatto Falcão. O Seminário Arquidiocesano continua lá, com suas linhas arquitetônicas do inicio do século.

DEIXE SEU COMENTÁRIO