Bairros de Maceió

Chã da Jaqueira

De Vila Praxedes a Chã da Jaqueira

Tudo começou em 17 de março de 1958 nas terras de Djalma Fragoso de Alencar e Manoel Inácio de Almeida, que resolveram lotear o lugar. O primeiro comprador Sr. Wilson Praxedes de Oliveira, natural da cidade de Cortez – Pernambuco, adquiriu um lote 20 X 40 m. por R$ 125.000,00 (Cento e Vinte e Cinco Mil Reis), limpou o terreno e com a madeira do local construiu a primeira casa (localizada hoje na rua Manoel Inácio 279) foi morar com a esposa Eliene Lins de Oliveira e quatro filhos. O loteamento foi crescendo, Sr. Wilson começou a levar parentes, compadres e amigos para o local. Tudo era mata fechada, a água era retirada da gruta da jaqueira.
No governo de Silvestre Péricles foi aberta uma estrada ligando Bebedouro. Passando pela Granja Conceição saindo do Canaã, construindo através dos presidiários. Em baixo tinha uma nascente e um pé de jaqueira e os presos acampavam ali para fazer o almoço. Um dia deixaram fogo no pé da jaqueira que terminou morrendo. Neste local Sr. Wilson Praxedes fez uma cacimba a qual tirava água para beber, tomar banho, etc … Hoje conhecido como Monte Azul. Sr. Né Fragoso perguntou a Wilson como é que denominava a Chã ? Ele respondeu: – Chã da Jaqueira, porque lá é a gruta e aqui é a Chã. E assim ficou … a maioria dos moradores são oriundas no interior como Palmeira dos Índios, Atalaia, Arapiraca, Viçosa, Capela do estados de Pernambuco, Paraíba e outros.
No governo de Luiz Cavalcante foi construída a estrada Chã da Jaqueira – Bebedouro conhecida como “Estrada de acesso a Vila Praxedes”.
Em 3 de março de 1968 foi fundada a Sociedade São João Batista, tendo como primeiro presidente o Sr. Wilson Praxedes, com o objetivo filantrópico, proporcionando assistência médica, odontologia e funerária. A Sociedade Beneficente foi ganhando credibilidade, funcionando até os dias de hoje.

DEIXE SEU COMENTÁRIO